domingo, 8 de abril de 2012

Cordeiro, coelho, conselho

Lembro-me de quando criança esperar ansiosamente pela páscoa, receber aquele ovo de chocolate embalado com figuras do snoopy e como premio, dentro trazia um brinquedinho, que torcia para ser jogo da memória.
Lembro-me de ter crescido um pouco e esperar pela páscoa também ansiosamente para aproveitar o feriado e não trabalhar.
Brasileiro tem mania de colocar a culpa nos outros, quando apronta, e quando faz alguma coisa boa se dá mal, por que outro ganha a fama, então nunca faz nada.
Na páscoa como em todas as outras comemorações religiosas temos os coadjuvantes fazendo o papel principal da historia. Um coelho de olhos vermelhos e pelos branquinhos, que pula bem alto, come uma cenoura com casca e tudo e ficou barrigudo, ganhou espaço quase que absoluto da páscoa. O comércio comemora os lucros com a venda de ovos de chocolates. Eu fico imaginado um coelho que consegue colocar ovos e ainda de chocolate e com surpresinha dentro, não tem galinha que acompanhe a produção, pela quantidade e também pelo tamanho.
Temos o calendário diferenciado, sexta-feira da paixão e do peixão, quando Cristo sofre por amor carregando em suas costas uma cruz que cada um de nós deveria carregar, e come peixe também nesse dia, sábado de aleluia, um dia antes da páscoa e todo mundo malha o Judas, e domingo de páscoa, tão esperado o povo come o chocolate que o coelhinho de olhos vermelhos e pelo branquinho botou, e faz uma pequena menção da ressurreição de Jesus Cristo.
A primeira páscoa aconteceu no Egito, Moises recebe instrução de Deus e repassa ao povo. Era necessário um cordeiro sem mácula, macho de uma de um ano de vida, sem defeito algum, que passem o sangue de seus cordeiros sobre os umbrais das portas pois o Senhor visitaria o lugar e levaria o primogênito de cada família que não tivesse o sinal. Também a páscoa é a festa dos pães asmos.
"Então direis: Este é o sacrifício da páscoa ao SENHOR, que passou as casas dos filhos de Israel no Egito, quando feriu aos egípcios, e livrou as nossas casas. Então o povo inclinou-se, e adorou."  (Êxodo 12 : 27)
Jesus Cristo veio para cumprir toda a Lei, assim sendo se encaixou perfeitamente no nos requisitos pascais, Cordeiro de Deus (João 1:29),não tinha pecados por isso era limpo e sem manchas (I Pedro 1: 19), estava em pleno vigor, pois se ofereceu no inicio da maturidade.
Interessante também que não poderia ser quebrado nenhum osso do cordeiro e se cumpriu em Jesus ( João 19 : 33), o sangue deveria ser a marca dos separados pelo Senhor.
Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado. I João 1 : 7

Os principais objetivos da páscoa é, lembrar o povo que Deus os poupou e libertou  da prisão, que diferente dos deuses pagãos, não queria sacrifícios humanos e principalmente para os dias de hoje que Cristo Jesus nos comprou.

“Sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que por tradição recebestes dos vossos pais,
Mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado,” I Pedro 1 : 18 e 19

Relembramos o sacrifico que Ele nos fez todas as vezes que celebramos a ceia, não somente nesta época do ano e mais ainda, deve ser um reflexão diária, Jesus Cristo padeceu sem culpa alguma por tudo que fizemos e que ainda vamos fazer, e por que me amou me deu Sua vida, porem a morte não  venceu meu Senhor e no terceiro dia Ele ressuscitou, e disse que volta em breve pra nos buscar.
Estamos preparados para seu retorno?
Juliana Viana

2 comentários:

  1. Respostas
    1. obrigada Ve, fico feliz por vc ter nos feito essa visita!!
      Deus te abençoe!! e Laura tambem
      Beijos
      fica na Paz
      Juliana Viana

      Excluir