segunda-feira, 21 de julho de 2014

A luta dos séculos



A maior luta de todos os tempos não foi televisionada, e nem teve ingressos vendidos.

De um lado o, já senhor, Jacó competidor que não entrava num ringue a anos, do outro lado o invicto Angel.
Não havia um árbitro, e não havia regras, não havia tempo estimado de luta e não havia médicos esperando caso alguma coisa desse errado.

Jacó não pensou duas vezes e caiu pra dentro, lutou com o Ango até a madrugada do dia seguinte, e antes que o adversário saísse exigiu seu premio.
Saiu vitorioso e com sua sorte mudada.
Da pra tirar muitos ensinamentos dessa historia, mas hoje eu quero pensar, em como tudo aconteceu.

Jacó foi encontrado pelo anjo sozinho enquanto orava, sabia de onde tinha vindo e para onde estava indo, sabia do que queria.

Por vezes precisamos estar a sós pra ver a face de Deus, precisamos estar em comunhão pra perceber as oportunidades que Deus tem nos dado de mudar nossa historia, e quando o anjo perguntar quem somos precisamos estar prontos pra responder, filhos do Deus altíssimos, herdeiros de Jesus de uma vida eterna.

Nossas lutas acontecem todos os dias, escolher vencer cabe a nós, escolher ver a face de Deus cabe a nós.

Jacó saiu machucado dessa grande luta, por vezes as nossas lutas não são fáceis e acabamos nos machucando também, e algumas cicatrizes não saem nunca, e cada vez que olhamos pra ela nos lembramos do exato momento em que tudo aconteceu.

Quando olharmos pra essas cicatrizes não devemos pensar em quanto sofremos e fomos machucados, mas, devemos pensar que aquela marca significa vitória de luta dura.
Deus quer mostra sua face à todos nós, quer mudar nossa história todos os dias, quer fazer de nós vencedores.
Então precisamos agora querer tudo isso.

Juliana Viana

Nenhum comentário:

Postar um comentário