sábado, 6 de setembro de 2014

Prossigo para o alvo




 “Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.”
Filipenses 3 . 14

Falamos de alvo, e uma perseguição por alcança-lo, e a pergunta que fica é: “Qual nosso alvo? O que queremos alcançar com as ferramentas que Deus nos deu?

Todo temos expectativas, esperanças, objetivos, e esses estão dentro de nosso alvo, coisas que queremos fazer como, por exemplo, uma graduação, conseguir um emprego melhor, viajar para algum lugar e etc.

Pensando que o nosso viver deve louvar a Deus, que devemos fazer todas as coisas para que as outras pessoas vejam Jesus em nossas vidas, os nossos alvos devem ser sim perseguidos e alcançados, com o máximo de dedicação em agradar a Deus.

 Nossas características e habilidades são individuais e como os membros de nosso corpo. Cada um exerce uma função diferente, distribuídos e forma funcional. Devem trabalhar juntos em perfeita harmonia para que o corpo vá bem.

Quando uma parte de nosso corpo doe, dificulta todas as outras atividades, as outras partes sentem se pela parte lesada.

A grande obra de reconciliação que o Senhor Deus esta fazendo no mundo funciona da mesma maneira, cada um de nós é responsável por atividades especificas, temos nossos dons e talentos para serem usados a favor da obra que nunca para, e não podemos deixar de contribuir para que tudo funcione harmonicamente, fazemos parte desse organismo, temos que fazer aquilo que cada um deve fazer.

É tempo de arregaçar as mangas e trabalhar, seja em que área for, mas nome do Senhor deve ser glorificado em tudo que nos vier a mão para fazer.

Juliana Viana


Nenhum comentário:

Postar um comentário